Sydney Opera House

Sydney Opera House

De volta a casa



0 comentários
Quase uma semana depois de aterrarmos, o jetlag está finalmente controlado (estava difícil de acertar com os sonos desta vez!) e passada a confusão dos primeiros dias, entramos agora no espírito de férias.
Já deu para matar as saudades de casa, da família mais próxima e da comida. Agora começam as andanças para rever os amigos, conhecer os novos rebentos e visitar todos os familiares, com umas pausas no meio para praia e relax.

Tudo a correr bem e ainda não nos atrapalhámos com a mudança de mão na estrada, mas não nos safámos de cometer algumas gafes de emigrante:
  • Ele a tentar pagar um café com dólares australianos no primeiro dia
  • Ela a dizer “thank you” ao senhor que lhe segura a porta no restaurante

Antes de uma viagem de avião



0 comentários
...evitar a todo o custo:

- Notícias da actualidade*
- Reportagens sobre desastres de aviação*
- Programas sobre Engenharia Aeronautica*


* Exactamente o género de programas que ele teima em querer ver ultimamente...

Diz-me onde moras, dirte-ei quem és



1 comentários
Eu já sabia que por aqui havia as zonas dos "ricos" e as dos "pobres". E não estou só a falar do tamanho das casas ou da beleza da vista, mas também das diferenças no preço de coisas como a comida ou a gasolina em subúrbios diferentes.

Quando morávamos perto da praia, lembro-me perfeitamente de evitar o supermercado lá da zona, porque tinha preços bem mais altos do que o da mesma cadeia que ficava um bocadinho mais longe (a apenas 5 minutos de carro ou autocarro).
Também já tinha reparado que os preços dos medicamentos variam de farmácia para farmácia, não há aquela coisa de o preço vir marcado na embalagem. Daí que já tenha pago valores diferentes num medicamento que compro regularmente.
Mas não estava preparada para a surpresa que tive há dias, quando precisei de o comprar e, por mero acaso, me encontrava em Bondi. O mesmo produto ficou uns 30% mais caro do que se o tivesse comprado em Marrickville, onde costumo ir.

Dou graças a todos os santos por vivermos numa zona com preços mais acessíveis, mas constato que definitivamente não pertencemos à classe dos ricos...

Meu querido mês de Agosto



3 comentários

* Agora sim, somos emigrantes à séria!

O ser humano no seu pior



1 comentários
Acordámos com a notícia do voo MH17 e durante o dia não se fala de outra coisa.
Uma tragédia difícil de digerir, principalmente nesta altura do ano, em que vemos partir e chegar tantos amigos e conhecidos pela mesma rota. 
Não deixa de ser um choque perceber que a vida pode mudar num segundo, que há actos de uma maldade inacreditável e que ninguém está a salvo destes infelizes incidentes. Em Agosto vamos nós fazer o mesmo percurso, mas provavelmente já sem passar por aquele espaço aéreo.

Um dia muito triste para as famílias e amigos de todos os passageiros e tripulação que iam naquele avião...

Voltar a Casa



4 comentários
Mas nem tudo é mau no nosso Portugalinho e nós, como bons emigras, sonhamos o ano todo com o regresso a casa, à família, aos cheiros e sabores que tão bem conhecemos...
Este ano tem passado a correr e já estamos em contagem decrescente para as férias em Portugal! Estava difícil de encontrar bilhetes a um preço convidativo, mas graças a uma promoção que apanhámos e à nova estratégia que adoptámos de comprar as viagens em 2 partes, conseguimos um preço relativamente simpático em pleno mês de Agosto!
Férias em Agosto no Algarve, oh que grande chatice! Daqui a 1 mês estamos de malas feitas para nos pormos a caminho.


Por outro lado...



1 comentários
Acabo de saber que o único cinema da cidade onde morava em Portugal está em vias de fechar.
Por aqui fala-se muitas vezes na possibilidade de voltar (uns dias mais que outros), mas quando recebemos notícias destas não conseguimos deixar de admitir que em muitos aspectos, pelo menos para já, o país não nos pode oferecer a qualidade de vida que procuramos. É triste...
Mas também é por isso que agradecemos o privilégio de poder estar aqui e aproveitar tudo o que esta "casa longe de casa" nos proporciona.
older post